Resenha: Baby Skin Pore Cover – Maybelline

Já disse pra vocês em outros posts que o primer é um dos passos mais importantes da maquiagem. Antigamente quando eu não sabia me maquiar direito, não utilizava, mas hoje não vivo mais sem. Além de ser “famoso” pela função de minimizar os poros, o primer facial é responsável por várias outras funções, tais como uniformizar a pele, preparar a pele para receber a base, tirar o brilho ou aspecto de oleosidade da pele, e também segurar a make por mais tempo.
Um pouco antes de vir embora do Japão comprei esse Baby Skin Pore Cover da Maybelline, e hoje vim falar pra vocês qual a minha opinião sobre esse produtinho fofo.

DSC09921

Logo de cara percebe-se que a embalagem é super fofa e prática, ótima para ser carregada na necessaire, pois é em forma de bisnaga azul com rosinha. Ele vem com um “bico” bem fácil de dosar a quantidade de produto. Ele é transparente, promete minimizar os poros, tirar o brilho e preparar a pele pra make.DSC09922DSC09923DSC09924

Achei super fofa a embalagem (querendo ou não isso influencia na hora da compra). Agora o produto em si, realmente minimiza os poros e uniformiza a pele, mas logo na primeira aplicação já senti a oleosidade dele, o que fez com que a minha maquiagem não durasse por muito tempo. Algumas pessoas já haviam me falado sobre isso, mas eu teimosa quis testar pois esses produtos variam muito de pele pra pele e de pessoa pra pessoa.

Resumindo, ele cumpre com a função de “pore eraser” (minimizador de poros), mas deixou minha pele super oleosa e não segurou nada a maquiagem. No final do dia era de se notar o brilho na minha pele. Paguei cerca de 1.200 yens na farmácia, pois é um produto acessível e fácil de ser encontrado no Japão.

Eu, que tenho pele mista não gostei, mas se você tem pele seca ele pode funcionar. Como eu disse, isso varia muito de pessoa pra pessoa, assim como não deu certo em mim, pode dar certo em você.

Mas e você, já usou esse produtinho ? Se sim, qual sua opinião sobre ele ? Deixe aqui nos comentários, vou adorar saber.

Um beijo, e até o próximo post
Por Amanda Harumi