FELIZ ANO NOVO! E o que eu aprendi em 2014 ?

Gurias, depois de um bom tempo sumidinha, cá estou eu de novo pra matar a saudade e bater um papo com vocês.

Pretendo fazer um vídeo falando, pois estou cheia de novidades e quero poder contar tudo pra vocês de uma forma mais bacana. Mas não posso “enrolar” mais, portanto…

Queria desejar FELIZ ANO NOVO a todos vocês que sempre estão dando uma passadinha aqui, que me acompanham, e principalmente a todos aqueles que direta ou indiretamente sempre me apoiaram. ❤ Feliz 2015, e que esse ano seja repleto de bençãos de Deus, que seja cheio de saúde, amor, e muuuuuito sucesso. Espero poder contar com vocês durante todo esse ano também. Tenho certeza que juntos, teremos muito mais conquistas nesse ano que se inicia. large (3)

Chegando essa época de virada de ano, nós paramos muito para refletir no que foi bom ou ruim, no que fizemos ou deixamos de fazer, e nas oportunidades que tivemos no ano que passou e etc, não é mesmo ? E vocês já pararam pra pensar no que aprenderam nesses últimos 365 dias ?

Quem me acompanha sempre por aqui, sabe que 2014 foi um dos anos mais difíceis da minha vida, tanto o lado profissional quanto pessoal. Foi o ano em que cheguei no Brasil depois de uma vida inteira no exterior e tive que, literalmente, começar do zero. O meu trabalho no blog deu uma caída em função de muitas coisas que aconteceram comigo ao longo de 2014. Mas com toda certeza do mundo, posso dizer que foi o ano em que mais aprendi. Aprendi que tudo o que nos acontece tem a permissão de Deus. Muitas vezes reclamamos de tudo, mas não conseguimos entender o verdadeiro sentido das coisas. Muitas vezes, as dificuldades são postas em nossas vidas justamente pra que, com elas, a gente aprenda e acima de tudo CRESÇA.

Em 2014 aprendi que pra ter uma vitória, precisamos lutar com todas nossas forças. Aprendi que não precisamos agradar a todos, que temos que correr atrás dos nossos sonhos, encarar tudo com a cara e coragem *mesmo se tratando de mim que sou medrosa em todos os sentidos*. Aprendi em 2014 que o amor supera tudo. Aprendi que sucesso não tem nada a ver com fama e dinheiro, sucesso é reconhecimento, é trabalho bem feito. Aprendi que devemos valorizar quem amamos, e principalmente quem nos ama. Aprendi que não podemos ser egoístas, aprendi que se eu QUERO, eu CONSIGO! Aprendi que devemos procurar melhorar o nosso “eu” a cada ano que passa. 2014 foi, pra mim, um ano de muito aprendizado e crescimento pessoal e profissional. Sou grata a Deus por todas as oportunidades e vitórias que ele me concedeu nesse ano que se passou, por todas as pessoas que conheci que fizeram, de alguma forma, diferença na minha vida.

Desejo a todos vocês um FELIZ ANO NOVO, e que 2015 seja melhor ainda.

Encontre o Make Me Diva também nas outras redes:
Facebook │ Twitter │ Instagram │ Youtube

Um beijo, e até o próximo post
Por Amanda Harumi

Top 5: Playlist do Fim de Semana ♪

Oi, genteeeeeeeee! E aí, quem ta animado pro fim de semana ? Ta legal que essa semana aqui no Brasil foi curtinha por causa do feriado e da Copa né, mas me diz aí quem não fica mega feliz quando chega o fim de semana ? Eu sou dessas.
Mas enfim, pensando justamente no fim de semana, decidi fazer aqui um Top 5 das músicas que eu tenho mais curtido e que vão animar meu fim de semana. Bora conferir minha playlist ?large-5

1. Dark House – Katy Perry Ft. Juicy J
 

2. Problem – Ariana Grande Ft. Iggy Azalea

3. Bla Bla Bla – Anitta

4. Moves Like Jagger – Maroon 5 Ft. Christina Aguilera

5. Cobertor – Anitta Ft. Projota

Se orgulhem de mim, não tirei tantas músicas do fundo do baú quanto pensei que ia tirar. Hahaha Mas e vocês, amores, quais as músicas que vão badalar o fim de semana de vocês ? Quero saber. Espero que tenham gostado da minha playlist.

Encontre o Make Me Diva também nas outras redes:
Facebook │ Twitter Instagram │ Youtube

Beijos, e até o próximo post
Por Amanda Harumi

Não deixe de ler – Desabafo + Mudanças

Eu sou do tipo de pessoa que não costuma “soltar os cachorros” ou falar tudo o que pensa no momento exato. Mas ultimamente vêm acontecendo várias coisas que estão me deixando bem chateada. E como era de se esperar, mais cedo ou mais tarde eu ia acabar, digamos que… explodindo.
desabafo-devaneios-aos-18
Antes que me entendam mal, não é questão de levar ou não levar em consideração o que os outros pensam, mas sim o que eu sinto, o que eu penso. Primeiramente queria deixar bem claro que criei o blog com o intuito de compartilhar sobre um assunto pelo qual sou apaixonada, e da mesma forma aprender muito com vocês. Não sou nenhuma profissional da área, embora pretenda um dia ser. Mas sabe o que realmente me chateia ? É o fato das pessoas sempre confundirem “ter um blog” ou “gostar de blogar” com “querer aparecer, se achar o máximo”. Muito pelo contrário, quem me conhece sabe que a minha maior luta foi pra postar o primeiro vídeo na internet. Desde criança eu sempre fui muito tímida, e me expor dessa forma com certeza era um desafio pra mim. Desafio o qual eu resolvi encarar, o que acho que muitas pessoas devem fazer, perder o medo do que os outros vão pensar de você e encarar as coisas como desafio, coisas que você sempre teve vontade/gosta de fazer.
Bom, meu blog não é famoso, e nem o melhor de todos. E eu tenho total e plena consciência disso, e não saio por aí me achando “a blogueira” como muitos andam dizendo. Não sei se devo encarar isso como crítica ou ignorância. É meio triste isso, de verdade. Porque infelizmente vivemos numa sociedade onde um quer ser melhor que o outro, e ver uma pessoa obtendo algum “sucesso” é motivo de derrota para outros. Não posso e nem quero generalizar, pois depois que criei o blog conheci muitas pessoas legais, vi que muitas pessoas me apoiam e sou eternamente grata por isso. Mas ainda existem aqueles que pensam pequeno, pensam que “a amanda criou um bloguinho para tentar ser famosa”. Nada disso, gente.
Por inúmeras vezes já tentaram me atingir com comentários anônimos, e isso é uma das coisas que eu não poderia deixar de citar. Existem dois tipos de críticas: as construtivas, ou seja, que de alguma forma servem para seu crescimento, amadurecimento e melhoria, e aquelas críticas que visam apenas te atingir, te deixar pra baixo, ofender. Por muitas vezes já entrei aqui e ao checar os comentários me deparei com anônimos com ofensas do tipo “você é feia, se acha o máximo porque tem um blog”, ou pior, algumas vezes eram até pessoas que tinham algum problema pessoal “comigo”, entre aspas mesmo, porque não era diretamente comigo. Mas isso é um caso a parte, quem tem que entender, com certeza entenderá. E pra quem quiser ter uma noção do que estou falando, basta entrar no Ask do blog, que criei com o intuito de responder as perguntas e dúvidas de leitoras, relacionadas ao blog ou a algum assunto que se encaixe com o que costumo falar por aqui. Só que como sempre, existem seres que não sabem a verdadeira utilidade da internet e acabam usando-a de forma equivocada, e acabam estragando as redes. Vocês me entendem!
Bom, acho que deu pra entender um pouquinho do que eu quero dizer/desabafar aqui com vocês. É um post muito chato, mas que eu sabia que uma hora ou outra eu deveria falar. Na maioria das vezes quem está de fora diz “ignora, não dê importância”, mas ninguém é de ferro, e como ignorar não estava sendo o suficiente, resolvi postar pra que todos vejam que apesar dessas coisas serem comuns na blogosfera, não passam despercebidas. E embora me chateiem, não vão me derrubar e muito menos fazer com que eu pare de fazer o que eu gosto.

Outro assunto que gostaria de abordar aqui com você são sobre as mudanças que acontecerão daqui pra frente em relação ao blog.

Eu não posso prometer que postarei todos os dias, pois como vocês sabem, eu moro no Japão, trabalho em uma fábrica, faço faculdade e ainda tenho minha vida social para cuidar, mas posso garantir que venho tentando me esforçar o máximo pra manter o blog atualizado, manter pelo menos um vídeo por semana. E eu espero de coração que vocês compreendam.
Mas enfim, ultimamente tenho me deparado com muitas dificuldades para escrever, ou ter ideias. E gente, vamos ser realistas, isso é algo comum entre as blogueiras, e atire a primeira pedra quem nunca sofreu por falta de inspiração. Mas bom, eu venho tentando solucionar isso me organizando de uma forma melhor, ultimamente ando anotando todas as minhas ideias numa agenda, assim não corro o risco de esquecer ou ficar sem assunto para abordar aqui no blog. Só que algo que pode ser considerado “problema”, é que até um tempo atrás eu me via presa em tutoriais de maquiagem e resenhas de produtos, e como o blog é um espaço meu, um espaço onde eu quero compartilhar dicas legais, algumas vezes sentia vontade de abordar alguns assuntos diferentes e não o fazia justamente por achar que não tinha “nada a ver”. Então resolvi que daqui pra frente falarei de diversos assuntos, e nem todos relacionados a maquiagem que é o tema principal do blog (e não deixará de ser). Espero que dessa forma a gente consiga ter uma interação melhor entre blogueira – leitores, sabe ? E acho que pode ser uma forma bem legal de vocês me conhecerem e saberem um pouco mais das coisas que eu curto e indico.
laptop

Bom, o post ficou um pouquinho longo, mas eu não podia deixar de desabafar e esclarecer algumas coisas com vocês. Espero que vocês entendam a verdadeira intenção desse post, que é realmente esclarecer e mostrar pra vocês que também sou humana, também tenho sentimentos e algumas coisas me magoam SIM, por mais que eu tente ignorar.
Então desculpem qualquer coisa, e estou totalmente aberta a críticas (construtivas), opniões e sugestões de melhora. Acessem o ask do blog, caso achem mais interessante do que deixar um comentários. Mas então é isso, amrs! Espero que tenham me entendido.

Um beijo, e até o próximo post.
Por Amanda Harumi